A auditoria interna é uma das ferramentas do Compliance. Aqui, o auditor irá analisar se toda a documentação e rotina laboral existente dentro da empresa está seguindo as normas trabalhistas.

A análise é voltada para os documentos e rotinas já existentes. Ao final, o auditor fará um relatório e nesse deve conter todos os equívocos existentes, principalmente aqueles violadores das leis trabalhistas.

Já o compliance é um programa que, através de diversas ferramentas, objetiva trazer uma nova política para a empresa. Ele tem a função de definir normas e regulamentos internos, além de implementar uma cultura de ética, valor e combate a fraudes.

São ferramentas utilizadas para um programa de compliance eficaz: apoio da alta administração, código de conduta, regulamento interno, políticas internas, canal de denúncias, treinamentos, due diligence, auditoria interna e monitoramento.